K'raminholas

Muitos não suportam a singularidade das palavras , todavia, elas para mim são chaves, cabe a você saber a que portas elas pertencem. Se não descobrir sozinho que cada uma delas pode abrir qualquer porta, então talvez esteja na hora de levantar a bunda gorda da cadeira e perceber como cada uma delas pode revelar o mundo ao qual você está ignorando e, consequetemente, desperdiçando, nessa poltrona de insensatez e ociosidade .

Cardápio !

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Sexo&Afins !




- "Não amor, vai ... vai ... vai !"
- "Eu gosto ... assim isso, não para, não para. Mais um pouquinho para esquerda, querido! HUM ...! "
- "Assim?"
- " 'OW' isso! Assim .. tá bom pra você ?"
- "Isso, pode deixar agora. Não tira mais o sofá do lugar entendeu?

Muito bom "sei-la-o-quê" aos amigos (as), que por algum motivo estranho, ainda continuam perdendo tempo aqui. Desde já, peço desculpas aos leitores, que ainda desfrutam da puberdade, pelo inicio ilusório, entretanto, era preciso iniciar o assunto e não pensei em algo melhor ( leia: capicioso ).
Sexo. Está ai. Um tabu ? Diversão, compromisso ou amor?
Ao longo da historia do "K'raminholas", que não é lá muito notável, sempre fiz alusões a situações rotineiras de um relacionamento. Mas dei-me conta, ao receber um "SPAM" pornográfico, de que nunca tratei, ou melhor, nunca abordei, o que seria depois do futebol, a paixão deste país, "que sá" a primeira algum dia, caso os "são-paulinos" sejam extintos. 
O fato é que o sexo, foi banalizado e talvez por isso, seja alvo de críticas e de contragimentos diários. Afinal, se o homem pôde se desenvolver, por que o sexo não poderia acompanhar a tendência ?

Início da Humanidade - Quando Adão desceu aquí sozinho, deu-se início a "zoofilia", afinal, todo homem tem suas necessidades e Adão, não era diferente. Logo que Eva foi mandada, as coisas melhoraram. 

Vocabulário -   "zoofilia" - Ato ou efeito de manter relações  sexuais com animais.
Ps.: Aos adolescentes que fingem não saber, apesar de nunca terem justificado efectivamente, á fuga da cadelinha tão amada pela família, nos tempos alvos de seca.

Primordes da Humanidade - Sexo? Nem se sabia direito o que era, logo, qualquer contato físico entre indivíduos de uma mesma espécie, ou não - tenso - que resultasse em penetração, era considerado ato sexual, digamos que as "tarde de domingo" eram menos sedentárias, antigamente. 

Colonização - Os senhores de engenho "usufruíam" das mais variadas formas do "produto" ao qual tinha adquirido, o que dá origem ao uma das vertentes dos sexo. 
O "chifre":  Sinonimo - Homem. Antonimo - Homem castrado. Vulgo "corno". Significado - ato ou efeito de "pular á cerca", "investigar a grama da vizinha", "ir para balada comprometido e sozinho" etc 

Woodstock - "Sexo, drogas e rock'in roll" - A década dos motéis ao ar livre, da maior alta na taxa de natalidade do planeta e ponto de partida da famosa "suruba". 
 Não é que eu chamo de paraíso, porque tem gente que acredita em 100 virgens e até que me provem que existe coisa melhor ... É para lá que eu desejo ir, embora, não esteja muito de afim de me explodir por isso. 

Ui Ui Ui !
Anos 2000 - Tecnologia. Revolução tecnocientifica informacional. Nada, nada, o que o homem fez, foi só aperfeiçoar os métodos para uma vida sexual mais ativa. Métodos mais utilizados:

1º Zona - Para você que não desfruta de competência ou já passou dos 60 e ainda tá solteiro. O local é ideal. Claro deve haver o mínimo de condições financeiras, exames médicos diários para evitar que seu "brinquedo" se contamine.
Viagra - Ainda utilizado pela "Feliz Idade". Método que se arma de medicamentos milagrosos aos quais ti faz sentir nos tempos áureos de "Woodstock" ou garotão de 18
3º "Boa-noite-Cinderela" - Método ilícito que trata de caçar "trouxas" - essa é a palavra exata - que se dispõe a sair para a balada desacompanhadas, alcoolatras ( embora não em todos os casos ) e descuidadas.

O problema é que a prática foi tão ridicularizada que se torna difícil debater o assunto em casa. E você "ninfeta" sabe do que eu to falando. É concordamos nisso, mas ler a "TodaTeen" ou a "Capricho", não vai ti deixar mais informada sobre assunto. No máximo vai fazer você "se descobrir melhor". Se é que me entendem. 
O que vale para os moleques também. Não adianta o quanto você demore nos épicos e "criativos" banhos. Por mais que sua imaginação seja fértil, ainda estarão á  "Km luz" da sensação verdadeira, e ao contrário do que pensam. Essas mulheres, não estão na palma da sua mão. Pelo menos, não literalmente falando.
Eu sei que você não vai chegar nos coroas e:

-"Então 'Mamis' a senhora e o papai, como foi hen ? - ou - "Em quem a senhora pensava nos momentos de solidão?"

Ou ainda
-"Coroa, sabe a vizinha ? Pois é, dei um trato bonito nela ontem, enquanto tomava banho."

Apesar de parecer bizarro, a conversa doméstica, ainda é a  mais saudável. Ou você acha que a Maria, só porque cedeu para o namorado uma ou duas vezes sabe tanto quanto sua mãe, que digamos, tem uma "kilometragem maior". 
Talvez o João, que 'catou' a Maria umas 2 ou 3 vezes tenha mais experiencia que teu pai. Que 'catou' tua mãe e saba lá quantas, antes do casamento. 
É inegável, que possa haver contragimentos, todavia, ninguém nunca disse que se tornar 'mocinha' ou 'rapazinho', é mais que menstruar ? Ou ter a primeira ereção seguida de polução noturna, depois de ver a 'Mariana Ximenes' se ralando no 'Giannechinni' na novela das 8 ? 

Evoluindo um pouquinho na faixa etária, o sexo não é só problema em torno da garotada. Que o diga meu avô. *rs* Quando se tem uma vida sexual madura, as responsabilidades e  as auto-conbranças aumentam proporcionalmente, tendo em vista, que a 'brincadeira' evoluiu. Não existe mais 'carrinho' ou boneca'. Agora existe, 'brincar de médico' e você não pode correr o risco de não ser resconhecido positivamente no que faz de melhor não é?
Exemplificando: 

-"Já?" - Normalmente, um monosílabo tônico sem importancia alguma, ultizado ate corriqueiramente. Experimente dizê-lo após a relação. Foi apontado como um dos indicadores de suicidios masculinos.
Então para facilitar a convivencia á dois, uma lista do que não deve ser dito após á 'noite de pazer', mesmo que ela não tenha sido, exatamente, de prazer.

-" Não é contagioso…"  - ( Talvez a 'Zona' não foi melhor o lugar não é ? )
- "Meu marido chegou!" - ( Você primeiro tinha que ter dito que tinha marido
-" Você me ama ?" - ( Seu nome é cerveja? Se for, sim! )
-" A camisinha estourou …" - ( Fudeu Bahia ! )
- "R$ 500,00 reais moço" - ( Eu mencionei as condições financeiras para a 'Zona' não é? )
- "Ai amor, esqueci de te falar, minha mãe vem pra cá no final de semana!" - ( Por isso foi tão fácil )
- "Vou twittar isso!" - ( Vai twitar o que? Orgasmo ?
- "Será que já começou a novela?" - ( Isso deve doer no peito )

 e a clássica:
- "Foi bom pra você?" - ( Se eu ligar amanhã, você descobrirá )

8 comentários:

  1. Você tá cada vez mais machista! kkkkkkkkkkkk'

    ResponderExcluir
  2. A carta foi fodaaaaaaaaaa hsauhauahauhasusa

    ResponderExcluir
  3. kkkkkkkkkkkkkkkkk, gostei.. sempre com visões realistas e um pouco machistas tbm, mas muiuto bom ,kkkkk :)

    ResponderExcluir
  4. machistaas ? rs
    eu nuunca tenho esse tom
    kkkkk
    mas obrigaado poot ter lido beijo

    ResponderExcluir